Seminário viabiliza troca de ideias entre coordenadores de Instituições de Ensino – CAU/SP

Portal da Transparência

Notícias

Seminário viabiliza troca de ideias entre coordenadores de Instituições de Ensino

Publicação

11.09.2015

Categorias:

Escrito por:

Redação CAU/SP

Compartilhar

Seminário viabiliza troca de ideias entre coordenadores de Instituições de Ensino

Seminário na capital paulista reuniu coordenadores e docentes das Instituições de Ensino do Estado.

Coordenadores e docentes dos cursos de Arquitetura e Urbanismo do interior e da capital tiveram a oportunidade de trocar experiências e conferir um retrato em tempo real do ensino no estado durante seminário em São Paulo, no dia 10/09.

Promovido pela Diretoria e a Comissão de Ensino e Formação do CAUSP, o III Seminário de Integração com Coordenadores de Cursos de Arquitetura e Urbanismo do Estado de São Paulo reuniu mais de 40 representantes de Instituições de Ensino do estado.

“Nós entendemos esse seminário como uma oportunidade para aumentar a cooperação entre o CAU e as Instituições de Ensino”, comentou o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo, Gilberto Belleza, na abertura do evento.

Durante a manhã, docentes, dirigentes e coordenadores assistiram palestras e tiveram acesso a um treinamento sobre o cadastro de egressos, um procedimento que facilita o registro do futuro profissional no CAUSP. Diretrizes Curriculares Nacionais, a lei federal 12.378/2010 e as Resoluções CAU/BR n° 21 e 51 também estiveram na pauta do seminário.

Um retrato do ensino em São Paulo

No período da tarde, foi realizado um levantamento junto aos participantes sobre a qualidade e a infraestrutura de ensino no Estado, com a formação de grupos de trabalho que abordaram algumas das principais exigências das diretrizes curriculares.

O levantamento apontou, por exemplo, que 74% dos representantes ouvidos acreditam que a estrutura curricular dos seus cursos prepara o aluno no tocante a Estudos de viabilidade técnica e ambiental de planos de intervenção no espaço urbano.

Por outro lado, somente 19% responderam o mesmo quando questionados sobre a estrutura curricular relativa a Controle de qualidade dos materiais e dos produtos de construção, patologias e recuperação de obras.

“Queremos que, no próximo evento [previsto para novembro], os próprios coordenadores digam o que eles querem do CAU, que eles construam a pauta desse próximo encontro. O CAU não está aqui somente para fiscalizar ou punir o profissional. Estamos aqui para construir juntos uma melhor formação para esse profissional”, afirma o conselheiro José Lanchoti, membro titular da Comissão de Ensino e Formação.

Na avaliação preliminar da Diretoria e da Comissão de Ensino e Formação, os resultados do levantamento indicam que o ensino de Arquitetura e Urbanismo no Estado tem sido eficiente em prover uma boa base teórica aos estudantes, mas ainda precisa evoluir em outros aspectos, como a gestão das obras e o planejamento orçamentário dos projetos.

“Eu tenho condições de escrever sobre um projeto, mas eu não tenho condições de, em plenitude, executar esse projeto, porque a minha área tecnológica é meio deficitária, a minha área econômico-financeira também é meio deficitária”, avaliou a diretora de Ensino, Debora Frazatto, fazendo uma síntese dos resultados.

“Temos de repensar a formação, as práticas didáticas e as condições de oferta”, avalia.

Integração

Em julho, representantes da Diretoria e da Comissão de Ensino, no desenvolvimento do projeto “Regionais e Ações Descentralizadas DEF e CEF CAU/SP”, visitaram as Instituições de Ensino do interior buscando uma aproximação com os coordenadores e docentes dos cursos.

Ficou claro, na avaliação dos participantes, a necessidade de aproximação do Conselho e da busca de integração entre os próprios coordenadores.

“O grande ganho [do seminário] é justamente essa integração: os coordenadores trocando experiências, trocando conhecimento do que seus cursos têm de bom e de ruim, para apresentar uma proposta que possamos defender em outras instâncias”, disse o conselheiro e membro titular da Comissão de Ensino Paulo André Cunha.

As ideias discutidas no evento serão consolidadas e apresentadas durante o XXXIV ENSEA – XVIII CONABEA (encontro promovido pela Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo – ABEA), que ocorrerá em Natal/RN, nos dias 27 a 29 de setembro de 2015.

Publicado em 11/09/2015

Da Redação

Publicação

11.09.2015

Escrito por:

Redação CAU/SP

Categorias:

Compartilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
15.04.2024

Como participar dos editais de Fomento do CAU/SP?

capa fomentos.3

Os Editais de Fomento consolidando as parcerias entre CAU/SP e a sociedade civil.

Como contratar um arquiteto?

É recomendável contratar um profissional da Arquitetura e Urbanismo considerando três aspectos: combinando as regras; levantando as necessidades e como o arquiteto e urbanista trabalha.

Contrate um arquiteto! Conheça 12 passos que você deve saber antes de construir ou reformar.

Pular para o conteúdo