“CAU na Cidade” inicia suas atividades em Santo André e Mogi das Cruzes – CAU/SP

Portal da Transparência

Notícias

“CAU na Cidade” inicia suas atividades em Santo André e Mogi das Cruzes

Publicação

23.08.2019

Categorias:

Escrito por:

Redação CAU/SP

Compartilhar

“CAU na Cidade” inicia suas atividades em Santo André e Mogi das Cruzes

Solenidade de abertura do “CAU na Cidade” realizado em Santo André/SP, entre 5 e 7/08.

O CAU/SP abriu os trabalhos do projeto “CAU na Cidade” em Mogi das Cruzes e Santo André, entre os dias 5 e 9 de agosto. Com a presença de arquitetos e urbanistas, estudantes, representantes das associações locais de Arquitetura e Engenharia, o evento contou com a participação de lideranças políticas locais.

Até novembro, o Conselho planeja levar a programação de workshops, cursos e palestras para todas as dez cidades em que a autarquia mantém representação regional. Sorocaba será a próxima cidade a sediar o projeto, que pretende envolver não somente os profissionais, mas também os agentes públicos e os demais representantes da sociedade civil.

Participantes e palestrantes da ação “CAU na Cidade”

“Queremos mostrar que o CAU/SP não é somente um órgão fiscalizador, apesar de ser essa a sua função precípua. Queremos mostrar que atua em diversas frentes, como por exemplo, na abertura de frentes de mercado”, comenta Afonso Celso Bueno Monteiro, gerente de Projetos Especiais e Tecnologia do CAU/SP e responsável pela coordenação desta iniciativa.

O gerente acredita que muitos profissionais ainda enxergam o ofício restrito à projeção de residências, sendo que o campo de atuação é muito mais vasto: entre vários outros, mobilidade urbana, acessibilidade, assistência técnica e preservação do patrimônio, todas estas áreas contempladas na programação de cursos e oficinas do “CAU na Cidade”.

Ele destaca que o projeto também é uma oportunidade para a sociedade conhecer a diversidade e importância da profissão de arquitetos e urbanistas. “Na sociedade civil, ainda tem muita gente que confunde arquiteto com engenheiro, que tem pouco conhecimento sobre o que fazemos”.

Esse desconhecimento se estende aos agentes públicos, outro público-alvo do projeto “CAU na Cidade”. Ele lembra que a maioria das prefeituras do Estado de São Paulo ainda não dispõe de pelo menos um arquiteto e urbanista em seu quadro funcional.

Santo André e Mogi das Cruzes

Em Santo André, a abertura do evento ocorreu no dia 05/08. Entre os destaques, a aproximação dos arquitetos e urbanistas, representantes do poder público, sociedade civil e entidades, por meio do fortalecimento das relações institucionais entre o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e o CAU/SP para tratar de assuntos temáticos do cotidiano dos profissionais, tais como mobilidade urbana, ATHIS, patrimônio histórico, BIM, acessibilidade, empreendedorismo, ética e exercício profissional. “Embora seja uma regional compacta em dimensões geográficas, possuímos mais de 3 mil arquitetos e urbanistas ao todo nas sete cidades do Grande ABC com potencial de aumentarem a participação nos debates sobre políticas públicas”.

Com a pauta diversificada, tendo como temas: patrimônio histórico, BIM e empreendedorismo, a atividade recebeu atenção dos profissionais da região, que participaram das atividades e oficinas.

Em Mogi das Cruzes, as ações começaram na manhã do dia 07/08, quarta-feira. A gerente regional Jane Marta da Silva  contou que as palestras foram de grande proveito para os participantes, especialmente pelo envolvimento direto dos palestrantes com as mais importantes discussões locais. Segundo a gerente, desta forma, foi possível “abrir o leque de aproximação com as pessoas”. As atividades relacionadas ao tema de Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social despertaram significativo interesse.

Conselheira Mel Godoy em palestra na cidade de Mogi das Cruzes

“O CAU atuou de forma catalisadora promovendo a união de todos os setores”, disse Jane. E como resultado imediato, as primeiras ações pós-evento já estão programadas em Mogi para dar seguimento aos temas tratados nas reuniões. O arquiteto Paulo Sergio Pinhal, um dos participantes, diz ser ” uma oportunidade de troca de experiências entre profissionais, aliado as atualizações tecnológicas e legislação”.

Ações de fiscalização também se compuseram a programação das atividades nas duas cidades. Com destaque para a orientação em condomínios e a realização de uma força tarefa para o esclarecimento de dúvidas.

 

Publicado em 23/08/2019
Da redação

Publicação

23.08.2019

Escrito por:

Redação CAU/SP

Categorias:

Compartilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
21.06.2024

Como participar dos editais de Fomento do CAU/SP?

capa fomentos.3

Os Editais de Fomento consolidando as parcerias entre CAU/SP e a sociedade civil.

Como contratar um arquiteto?

É recomendável contratar um profissional da Arquitetura e Urbanismo considerando três aspectos: combinando as regras; levantando as necessidades e como o arquiteto e urbanista trabalha.

Contrate um arquiteto! Conheça 12 passos que você deve saber antes de construir ou reformar.

Pular para o conteúdo