Fortalezas do litoral paulista podem se tornar Patrimônio Mundial – CAU/SP

Portal da Transparência

Sociedade

Notícias

Fortalezas do litoral paulista podem se tornar Patrimônio Mundial

Publicação

08.11.2018

Categorias:

Escrito por:

Redação CAU/SP

Compartilhar

Fortalezas do litoral paulista podem se tornar Patrimônio Mundial

Forte de Santo Amaro da Barra Grande, no Guarujá/SP. Imagem: Wikimedia Commons.

Os Fortes de Santo Amaro da Barra Grande, no Guarujá, e de São João, em Bertioga, ambos na Região Metropolitana da Baixada Santista, foram indicados pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para reconhecimento como “Patrimônio Mundial”.

As edificações do litoral paulista fazem parte de uma lista encaminhada pelo Iphan de 19 fortificações de todo o país (veja a lista completa abaixo) para reconhecimento pela Unesco (a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Conforme a assessoria do Iphan, o resultado da candidatura “Conjunto de Fortificações”, apresentada pelo Brasil, deve ser conhecida em 2019.

Se confirmada, as fortificações farão parte de um grupo seleto de bens reconhecidos, tais como a Cidade Histórica de Ouro Preto (MG), o Plano Piloto de Brasília (DF) e o sítio arqueológico do Cais do Valongo (RJ).

O Forte de Santo Amaro da Barra Grande data do século XVI, com projeto do arquiteto italiano Bautista Antonelli (1547-1616). Foi a principal defesa da cidade de Santos durante o período, estando em operação até 1908, conforme o Iphan. Foi tombado em 1964 e funciona atualmente como Museu Histórico. A Secretaria de Cultura de Guarujá aponta a edificação como “um dos poucos exemplos da arquitetura militar espanhola no Brasil”.

O Forte São João, em Bertioga, foi originalmente construído em 1532 como prevenção a ataques indígenas, e posteriormente, como posto de batalha contra invasões francesas no século XVI. A construção atual data de 1750. É tombado desde 1940, operando hoje como um museu municipal.

Fortes Incluídos na Lista Indicativa a Patrimônio Mundial

Forte de Santo Antônio da Barra – Salvador (BA)

Forte São Diogo – Salvador (BA)

Forte São Marcelo – Salvador (BA)

Forte de Santa Maria – Salvador (BA)

Forte de Nossa Sra. de Mont Serrat – Salvador (BA)

Forte de Coimbra – Corumbá (MS)

Forte de Santa Catarina – Cabedelo (PB)

Forte de Santa Cruz (Forte Orange) – Itamaracá (PE)

Forte São João Batista do Brum – Recife (PE)

Forte São Tiago das Cinco Pontas – Recife (PE)

Forte dos Reis Magos – Natal (RN)

Forte de Príncipe da Beira – Costa Marques (RO)

Forte de Santo Amaro da Barra Grande – Guarujá (SP)

Forte São João – Bertioga (SP)

 

Forte São João em Bertioga/SP. Imagem: Diego Bachiéga/Prefeitura de Bertioga

 

Publicado em 08/11/2018
Da Redação

 

Publicação

08.11.2018

Escrito por:

Redação CAU/SP

Categorias:

Compartilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
25.09.2023

Como contratar um arquiteto?

É recomendável contratar um profissional da Arquitetura e Urbanismo considerando três aspectos: combinando as regras; levantando as necessidades e como o arquiteto e urbanista trabalha.

Contrate um arquiteto! Conheça 12 passos que você deve saber antes de construir ou reformar.

Skip to content