Debates sobre ensino e formação marcam abertura da Semana de Arquitetura e Urbanismo – CAU/SP

Portal da Transparência

Notícias

Debates sobre ensino e formação marcam abertura da Semana de Arquitetura e Urbanismo

Publicação

29.11.2019

Categorias:

Escrito por:

Redação CAU/SP

Compartilhar

Debates sobre ensino e formação marcam abertura da Semana de Arquitetura e Urbanismo

A Semana de Arquitetura e Urbanismo do CAU/SP começou no último dia 21/11 com a realização do II Seminário Nacional sobre Ensino e Formação na capital. A atividade reuniu profissionais, docentes e coordenadores de cursos de Arquitetura e Urbanismo do Estado de São Paulo para debater sobre a formação e a qualidade dos cursos, nas dependências do Novotel Jaraguá, na capital paulista. Um dos pontos centrais foi o crescente surgimento dos cursos de Ensino a Distância (EaD).

Para Gagliardo Maragno, professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e membro da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), apesar da necessidade de se atentar aos avanços que as novas tecnologias proporcionam, o ensino de Arquitetura e Urbanismo tem características próprias o que o EaD não alcança e “que exigem sermos diferentes”.

“Mais do que uma questão presencial, é uma questão de proximidade. Quem consegue imaginar um aluno totalmente isolado, se aqueles que se integram têm um desenvolvimento muito maior?”, questionou Maragno.

De acordo com dados do Censo do Ministério da Educação de 2018, apresentados no evento, embora representem apenas 0,5% do total, os cursos de Arquitetura e Urbanismo por EaD já são responsáveis por 35% das vagas disponíveis. “Mas nenhuma Instituição pública oferece curso de AU em EaD”, pontuou José Antônio Lanchoti, Coordenador da Comissão de Ensino e Formação do CAU/SP, que foi o mediador dos debates neste dia. Para ele, uma das razões para isso é a dúvida de que os cursos online realmente sigam os padrões aceitáveis para uma educação de qualidade.

As Diretrizes Curriculares Nacionais e os Novos Pareceres do Conselho Nacional de Educação foram também tema de discussão durante o encontro, na apresentação de Ana Góes Monteiro – recém-eleita Presidente da ABEA.

O Seminário contou ainda com a premiação aos projetos vencedores do edital “Boas Práticas no Ensino e Formação”, que elegeu as cinco melhores práticas pedagógicas de destaque realizadas em instituições de ensino superior no Estado de São Paulo: Fundamentos de projeto, do professor Rafael Cunha Perrone, da Universidade de São Paulo (USP); Arquitetura Urbana a partir da matriz pública proposta, dos professores Lizete Maria Rubano e Antônio Fabiano Junior, da Universidade Presbiteriana Mackenzie; Jogos para aprender Arquitetura, do professor César Augusto Sartorelli, da Universidade Paulista (UNIP); Inovação pedagógica para aprendizagem significativa através da associação da Análise de Perfil Comportamental (APC) à Aprendizagem baseada em Projetos (PBL), da professora Giovanna T. Novellini Brigitte, do Centro Universitário FACENS; e Detalhes construtivos em madeira – Bases para o projeto de edificações em madeira, da professora Mônica Duarte Aprilanti, da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP).

Clique aqui e saiba mais sobre os projetos premiados.

Publicado em 29/11/2019
Da Redação

Publicação

29.11.2019

Escrito por:

Redação CAU/SP

Categorias:

Compartilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
12.04.2024

Como participar dos editais de Fomento do CAU/SP?

capa fomentos.3

Os Editais de Fomento consolidando as parcerias entre CAU/SP e a sociedade civil.

Como contratar um arquiteto?

É recomendável contratar um profissional da Arquitetura e Urbanismo considerando três aspectos: combinando as regras; levantando as necessidades e como o arquiteto e urbanista trabalha.

Contrate um arquiteto! Conheça 12 passos que você deve saber antes de construir ou reformar.

Pular para o conteúdo