Em Presidente Prudente: 2ª Conferência debateu planejamento urbanístico – CAU/SP

Portal da Transparência

Notícias

Em Presidente Prudente: 2ª Conferência debateu planejamento urbanístico

Escrito por:

Redação CAU/SP

Compartilhar

Em Presidente Prudente: 2ª Conferência debateu planejamento urbanístico

[nggallery id=67]

No encontro de Presidente Prudente, realizado no dia 5 de novembro, a necessidade de uma participação maior de arquitetos e urbanistas no planejamento das cidades foi o principal ponto de discussão entre os profissionais e estudantes que participaram da etapa preparatória da 2ª Conferência Estadual de Arquitetos e Urbanistas, evento que está sendo realizado pelo CAU/SP – Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo, e que tem como tema central “O arquiteto, o projeto e a qualidade do ambiente construído”.

O evento foi aberto pela Coordenadora regional do evento, a arquiteta e urbanista Ludmila Biussu, que agradeceu a presença de todos os participantes, apresentou os principais pontos a serem abordados durante o encontro e, em seguida, chamou para compor a mesa de debates: o Vice-presidente do CAU/SP, Valdir Bergamini, o Diretor de Relações Institucionais do Conselho, Carlos Alberto Pupo, e o Coordenador da Comissão Especial de Organização da 2ª Conferência, Ronald Tanimoto.
“Estamos vivendo um momento ímpar de poder discutir a nossa profissão. Hoje, uma das maiores preocupações do nosso Conselho é estar cada vez mais próximo dos arquitetos e urbanistas”, declarou Valdir Bergamini, ressaltando a importância da Conferência e da participação de todos no evento, que está sendo realizado em todas as cidades onde o CAU/SP tem sede regional. “Precisamos discutir arquitetura com a sociedade. Mas o momento agora é de discutir com os nossos pares”, reiterou Pupo.
Cristina Baron, docente do curso de arquitetura e urbanismo da UNESP – Universidade Estadual Paulista, do campus de Presidente Prudente, acha que é necessário um maior incentivo para a participação de arquitetos e urbanistas em assuntos de interesse público e de planejamento urbanístico. “A gente acaba ficando ausente e temos que ter uma participação maior, não podemos ficar restritos apenas à aprovação de projetos. Temos também que participar mais da discussão”, defendeu a docente.
A importância dessa participação do arquiteto e urbanista em todas as etapas de uma obra pública foi reforçada por Ronald Taminoto, que lembrou das vantagens que isso traz à sociedade e à administração pública, impedindo atrasos na entrega das obras ou de eventuais estouros no orçamento, por exemplo. “Assim como existe a Lei de Responsabilidade Fiscal, deveria ser criada também a Lei de Responsabilidade Civil, para avaliar se o prefeito deixou a cidade pior ou melhor”, sugeriu o Coordenador da 2ª Conferência.
Durante todo o encontro, outras propostas foram levantadas pelos participantes. Elas serão apresentadas na etapa final da Conferência, que será realizada em São Paulo, nos dias 25 e 26 de novembro. Para defender as propostas e representar a regional de Presidente Prudente, ao final do encontro foram eleitos os arquitetos e urbanistas Diogo Moreira, Fernando Piffer e Monica Iamashita.
Publicado em 10/11/2015
Marco Berringer, de Presidente  Prudente/SP

Publicação

10.11.2015

Escrito por:

Redação CAU/SP

Categorias:

Compartilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
26.02.2024

Como participar dos editais de Fomento do CAU/SP?

capa fomentos.3

Os Editais de Fomento consolidando as parcerias entre CAU/SP e a sociedade civil.

Como contratar um arquiteto?

É recomendável contratar um profissional da Arquitetura e Urbanismo considerando três aspectos: combinando as regras; levantando as necessidades e como o arquiteto e urbanista trabalha.

Contrate um arquiteto! Conheça 12 passos que você deve saber antes de construir ou reformar.

Pular para o conteúdo