Mogi recebe etapa regional da 2ª Conferência Estadual do CAU/SP – CAU/SP

Portal da Transparência

Notícias

Mogi recebe etapa regional da 2ª Conferência Estadual do CAU/SP

Escrito por:

Redação CAU/SP

Compartilhar

Mogi recebe etapa regional da 2ª Conferência Estadual do CAU/SP

[nggallery id=51]

A cidade de Mogi das Cruzes, a pouco mais de 100 quilômetros da capital paulista, recebeu no último sábado, dia 3 de outubro, mais uma etapa da 2ª Conferência Estadual de Arquitetos e Urbanistas, promovida pelo CAU/SP, que este ano tem como tema “O arquiteto, o projeto e a qualidade do ambiente construído”. Realizado na Câmara Municipal da cidade, o evento abordou questões relacionadas à Resolução Nº51, valorização do projeto executivo, reserva técnica, tabela de honorários, ensino e educação continuada.

Em sua apresentação sobre a Resolução Nº51, o Diretor Técnico do CAU/SP, Altamir Fonseca, destacou a necessidade de se zelar pelas atividades privativas dos arquitetos e urbanistas. “Nossa profissão é multifacetada e nosso campo de atuação é demasiadamente amplo. No entanto, embora nos pareça óbvio onde podemos atuar, para a sociedade nem sempre é”, disse Fonseca. Ele também ressaltou a importância do respeito ao exercício das atividades privativas para a segurança da própria sociedade. “A arquitetura pode matar se não for exercida por quem se deve de fato, por quem é realmente capacitado”, completou.

No entanto, foi consenso entre os presentes de que há um conflito com o Confea – Conselho Federal de Engenharia e Agronomia sobre a Resolução  Nº51. “Não estamos avocando nada que já não era direito nosso”, defendeu Fonseca, que acredita que há uma falta de boa vontade por parte do conselho para resolver a questão. “É preciso que se crie uma instância para tratar desse assunto, para que o conflito seja resolvido. Sem um foro, dificilmente se chegará a um acordo”, sugeriu Edison Elito, coordenador regional do CAU/SP.

Também foi ressaltada a necessidade de uma participação maior e do envolvimento dos profissionais da área para a defesa e preservação da atividade. “É importante uma maior valorização da nossa atividade também entre os próprios arquitetos e urbanistas. Hoje, infelizmente, muitos estão preocupados só em obter mais contratos por obra, ganhar com a emissão de RTs, por exemplo, ao invés de desenvolver projetos completos”, falou o arquiteto e urbanista Guilherme Mattos, que participou da mesa de debates.

“Os arquitetos, no geral, são muito individualistas. Precisamos nos unir mais”, pediu a arquiteta Ana Maria Abreu Sandim, diretora da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Mogi das Cruzes (AEAMC). “Acho que é preciso conscientizar os novos profissionais desde às universidades, ensinar o arquiteto que está se formando a discutir a profissão”, completou a diretora da AEAMC, que considera necessário incentivar os estudantes a integrar as entidades representativas.

A partir de tudo que foi discutido, algumas propostas foram elaboradas para serem apresentadas na etapa final do evento, que acontecerá em São Paulo, nos dias 25 e 26 de novembro. E para representar a regional de Mogi, entre os presentes foram eleitos os arquitetos e urbanistas Artur Serroni de Oliva, Yves Santos e Ana Maria Abreu Sandim.

“O evento tem a importância de democratizar a participação de profissionais liberais, servidores públicos e de outros que atuam de diferentes maneiras, contribuindo para o desenvolvimento e aprimoramento dos eixos temáticos”, concluiu Eduardo Habu, conselheiro do CAU/SP e coordenador regional da 2ª Conferência Estadual de Arquitetos e Urbanistas.

 

Publicado em 06/10/2015
Marco Berringer, de Mogi das Cruzes/SP 

Publicação

06.10.2015

Escrito por:

Redação CAU/SP

Categorias:

Compartilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
23.05.2024

Como participar dos editais de Fomento do CAU/SP?

capa fomentos.3

Os Editais de Fomento consolidando as parcerias entre CAU/SP e a sociedade civil.

Como contratar um arquiteto?

É recomendável contratar um profissional da Arquitetura e Urbanismo considerando três aspectos: combinando as regras; levantando as necessidades e como o arquiteto e urbanista trabalha.

Contrate um arquiteto! Conheça 12 passos que você deve saber antes de construir ou reformar.

Pular para o conteúdo