Exercício profissional e o papel social do arquiteto e urbanista – CAU/SP

Portal da Transparência

Notícias

Exercício profissional e o papel social do arquiteto e urbanista

Publicação

06.08.2013

Categorias:

Escrito por:

Redação CAU/SP

Compartilhar

Exercício profissional e o papel social do arquiteto e urbanista

papel social
Mesa debate “Exercício Profissional e o Papel Social do Arquiteto e Urbanista”

A última mesa de debates da 1ª Conferência, realizada durante a tarde e início da noite do dia 2/08, debateu o “Exercício Profissional e o Papel Social dos Arquitetos e Urbanistas”, com a participação dos arquitetos e urbanistas João Whitaker e Marco Antônio Alves Jorge, e da Presidente da CONAM (Confederação Nacional das Associações de Moradores), Bartíria Lima da Costa, que representou os movimentos sociais.

O mediador da mesa, conselheiro e diretor do CAU/SP Éder Roberto da Silva, avaliou ao final do encontro que os movimentos sociais deram uma contribuição importante para o debate. “Eles apontaram que o CAU é uma instituição que deve estimular as entidades e os profissionais a terem uma atuação e auxiliar a sociedade no esforço para que tenhamos uma cidade mais justa, uma cidade para todos os que a habitam, e não apenas para poucos, como acontece hoje”, avaliou.

Assista a reportagem sobre o debate – clique aqui

Segundo João Whitaker, “as cidades brasileiras vivem uma crise escancarada, para todo mundo ver”, relatou. Tal crise, segundo ele, revela-se em cidades com “a metade da população sem ter onde morar e com um urbanismo que não funciona”. Para Whitaker, os arquitetos e urbanistas “têm uma grande responsabilidade” na crise urbana. “Então, é claro que existe também uma crise na nossa profissão”, afirmou ele.

O arquiteto e urbanista Marco Antônio Alves Jorge defendeu a “necessidade urgente” da criação de uma Política Nacional de Desenvolvimento Urbano, que deverá ser consolidada com a participação de todos os setores da sociedade. “É indispensável que essa deixe de ser a política somente de um governo, mas que se transforme em políticas permanentes, em políticas de Estado”, argumentou. Para ele, a atuação social do arquiteto deve ser integrada com ações de outros setores da sociedade, inclusive para garantir investimento público permanente para a solução de questões urbanas, como a da habitação social.

Para a Presidente de CONAM, o debate sobre o papel social dos arquitetos e urbanistas colocou aos profissionais, à sociedade e aos movimentos sociais o desafio de “pensar a cidade que queremos” e a necessidade do país avançar no debate sobre a reforma urbana. “Os arquitetos e urbanistas são fundamentais para a construção de cidades mais justas e igualitárias”, afirmou Bartíria.

Paulo San Martin e Daniele Moraes, de São Paulo/SP

Publicação

06.08.2013

Escrito por:

Redação CAU/SP

Categorias:

Compartilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
12.04.2024

Como participar dos editais de Fomento do CAU/SP?

capa fomentos.3

Os Editais de Fomento consolidando as parcerias entre CAU/SP e a sociedade civil.

Como contratar um arquiteto?

É recomendável contratar um profissional da Arquitetura e Urbanismo considerando três aspectos: combinando as regras; levantando as necessidades e como o arquiteto e urbanista trabalha.

Contrate um arquiteto! Conheça 12 passos que você deve saber antes de construir ou reformar.

Pular para o conteúdo