Portal da Transparência

Document

Notícias

Comissão de Patrimônio apoia tombamento de marcos de Santos e da capital

Publicação

novembro 23, 2021

Categorias:

Escrito por:

Redação CAU/SP

Compartilhar

Comissão de Patrimônio apoia tombamento de marcos de Santos e da capital

O CAU/SP, por meio de sua Comissão de Patrimônio Cultural (CPC – CAU/SP), manifestou apoio ao tombamento do “Campus Boqueirão”, da Universidade Católica de Santos, na Baixada Santista, e do Museu Florestal Octávio Vecchi, e seu acervo, na capital.

Confira abaixo alguns dos trechos dos relatórios desta comissão (disponíveis no Portal da Transparência) justificando os apoios aos processos de tombamento destes marcos arquitetônicos, atualmente no Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico (CONDEPHAAT):

Museu Florestal Octávio Vecchi

Museu Florestal Octávio Vecchi na zona norte da capital. Crédito: Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente/Governo de SP.

Atentando para sua história, o Parque Estadual Alberto Löfgren, localizado na Zona Norte de São Paulo, foi criado em 1896 como Horto Botânico da Comissão Geográfica e Geológica–CGG da Província de São Paulo. Em 1993 passa a ser denominado Horto Florestal Alberto Löfgren, em homenagem ao cientista que chefiou a Seção de Botânica e Meteorologia, iniciando assim os estudos e pesquisas sobre aclimatação no estado de São Paulo.

Conforme texto para solicitação do tombamento elaborado pelos professores Dr. Janes Jorge, Dra. Letícia Squeff e Dra. Manoela Rossinetti Rufinoni da EFLCH/Unifesp):

(…)

Esse museu, inaugurado em 1931, guarda parte importante da história da preocupação ambiental no Estado de São Paulo, além de oferecer um rico acervo de objetos mobiliários e artísticos integrados a edifício neocolonial de grande relevância para a história da arquitetura paulista.

(…)

Além de sua importância para a história da preservação ambiental no Estado de São Paulo, o museu possui um acervo riquíssimo, desde a decoração, toda feita em madeiras nativas, até objetos artísticos de artistas como Helios Seelinger, Antônio Paim Vieira, Clodomiro Amazonas, entre outros.

Saiba mais: leia a íntegra da Deliberação No. 010/2021 – CPC-CAU/SP

Campus Boqueirão da Universidade Católica de Santos

Cidade de Santos.
Visão aérea da cidade de Santos. Foto: Arquivo/Prefeitura Municipal de Santos.

O conjunto arquitetônico denominado “Campus Boqueirão,” da Universidade Católica de Santos, que abriga os cursos de Arquitetura e Urbanismo e Direito daquela universidade em mais de em cinco décadas, representa marco referencial de formação acadêmica e cultural nacionalmente reconhecido por sua contribuição para a produção de conhecimentos científicos, assim como para a constituição da história da cidade de Santos.

O conjunto arquitetônico é um dos principais representantes da imponente arquitetura moderna para usos educacionais produzida em Santos.

Foi projetado e construído pelos arquitetos Oswaldo Correia Gonçalves e Michael Lieders, dois profissionais reconhecidamente pioneiros e mestres da maior relevância para a produção da arquitetura moderna do estado de São Paulo.

Sua construção datada dos anos 70 de século passado, no auge do período moderno da arquitetura brasileira, se coloca como pioneira, inclusive em nível nacional, tratando-se da primeira experiência de construção com componentes pré-moldados erigida na cidade.

(…)

Saiba mais: leia a íntegra da Deliberação No. 016/2021 – CPC-CAU/SP

Publicado em 23/11/2021
Da Redação

Publicação

23.11.2021

Escrito por:

Redação CAU/SP

Categorias:

Compartilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
26.01.2023
Skip to content